Engavetamento: quem paga em caso de batida?

Sabemos que no trânsito podem acontecer imprevistos que causam muito prejuízo. Claro que se você pratica a direção defensiva (medidas utilizadas para minimizar ou evitar acidentes), as chances de algo muito grave acontecer são menores.

Um desses eventos é o engavetamento. Entre tantas dúvidas sobre o tema, a mais comum é: Quem paga em caso de batida?

Justamente por isso o BateClick promoveu este artigo para sanar as dúvidas dos nossos leitores.

O que é um engavetamento?

Vamos iniciar pelo básico: o que é um engavetamento? Utilizamos essa expressão para definir um acidente com dois ou mais carros que colidem sequencialmente. Porém, existem dois tipos de engavetamento e a pessoa responsável pelo prejuízo muda em cada um deles.

Quando um veículo empurra todos

Este tipo de engavetamento acontece quando um carro que está por último bate no da frente e ocasiona outras colisões em sequência.

Neste caso, todas as batidas foram causadas pelo choque inicial do último carro, portanto, ele é o culpado pelos danos de todas as colisões envolvidas.

Se você for este condutor, será responsável por arcar com os custos de todas as batidas.

Freada brusca

Outro tipo de engavetamento possível é quando um motorista freia bruscamente e os que estão atrás não conseguem frear.

Agora, com esse exemplo, você acha que o responsável é o motorista que freou em primeiro lugar, certo? Errado! Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, os motoristas devem manter uma distância segura do veículo a frente. Portanto, o automóvel que bate atrás do carro que freou é o verdadeiro culpado, pois ele não respeitou essa distância segura.

Além disso, cada colisão é considerada um evento separado. Por exemplo, vamos imaginar que o carro X freie bruscamente, fazendo com que o carro Y bata nele e, em seguida, o carro Z colide com Y.

Nessa situação temos dois eventos separados: O carro Y será responsável pelos danos no carro X e o carro Z vai arcar com os custos para o conserto do carro Y.

O seguro cobre os gastos do engavetamento?

Normalmente sim, mas é claro que isso varia de seguradora para seguradora e, principalmente, de acordo com o modelo de seguro contratado.

Analise a situação e verifique quem são os responsáveis para que o seu sinistro não seja negado.

Posso pedir orçamentos particulares?

Não só pode como deve. Em algumas vezes não é válido pagar a franquia do seguro, especialmente em casos de pequenos reparos.

Devido a isso você pode recorrer ao BateClick. Baixe o app, cadastre-se, envie as fotos dos locais danificados no automóvel e aguarde os orçamentos no seu e-mail.

Não perca mais tempo indo em oficinas de funilaria, então deixe o BateClick buscar os estabelecimentos mais próximos de você.

Curtiu o nosso artigo? Então continue acompanhando as redes sociais do BateClick (Facebook e Instagram) e o blog. Fique por dentro das notícias do mundo automotivo!